Será possível pensar em bem-estar de animais de produção quando o mundo enfrenta uma necessidade sem precedentes de aumento <br> na produção de alimentos? Como ofereceremos mais espaço para cada ave, suíno, bovino e até peixe, para aumentar seu bem- estar e evitar o sofrimento de uma vida confinada ao extremo? Por que em tantos países é crescente o segmento da sociedade que demanda por respeito aos animais? Por que mais de 25 cientistas, em sua maioria eminentes neurologistas, reuniram-se em Cambridge, Reino Unido, no dia 07 de jullho de 2012,<br> para publicar a Declaração de Cambridge sobre a Consciência em Animais Humanos e Não Humanos? Por que advogados, no Brasil e no mundo, começam a sugerir que animais sejam sujeitos de direito? Será que a forma como percebemos os sentimentos nos animais é confiável e merece toda esta atenção? Que pensar sobre ativistas arrombando laboratórios para libertar os animais usados em experimentação? A criação de animais transgênicos, como interfere no bem-estar dos animais envolvidos? O que devemos fazer com os cães que estão nas ruas? O que nossas ações causam, direta e indiretamente, aos animais selvagens? Como a ciência contribui para a melhoria da qualidade de vida dos animais? Quanto custa uma vida? Considerando o peso de tais perguntas e, principalmente, as consequências das suas respostas, parece pertinente o interesse de médicos veterinários e zootecnistas pelo conhecimento científico sobre bem-estar animal.
Congresso Brasileiro de Bioética e Bem-estar Animal

O III Congresso Brasileiro de Bioética e Bem-estar Animal retoma uma iniciativa com história no âmbito do desenvolvimento dos temas em nosso país.

Leia mais...

Organizadores
Período de inscrição Estudante Profissional
Até o final de maio de 2014 R$ 80,00 R$ 150,00
De junho até 31 de julho de 2014 R$ 160,00 R$ 300,00
No local e dia da realização do evento R$ 200,00 R$ 380,00

Apoiadores